Dia do Farmacêutico – Descubra qual especialização em farmácia ganha mais!

O Dia do Farmacêutico, que é comemorado em 20 de janeiro aqui no nosso país, nos traz diversas reflexões. Hoje, durante a leitura deste conteúdo, nós vamos focar em uma delas: qual especialização em farmácia ganha mais! Você tem a resposta? Se não faz ideia ou se imagina, melhor ler esta matéria agora!

No dia 20 de janeiro é comemorado o Dia do Farmacêutico no Brasil. Essa é uma profissão histórica, que tem ganhado novos contornos na atualidade. A exemplo disso está a atuação dos profissionais na estética. Neste conteúdo, descubra qual especialização em farmácia ganha mais.

Inclusive, muita gente não sabe, mas o famoso poeta brasileiro Carlos Drummond de Andrade era farmacêutico. Ele se formou no curso de farmácia em 1925. E quando foi perguntado sobre o porquê da sua escolha, disse: “Porque eu gosto das pessoas”.

Isso nos ajuda a compreender alguns dos motivos que fazem com que essa graduação seja tão querida e apreciada no Brasil. Aliás, por aqui, o ensino farmacêutico vem desde 1832, no Rio de Janeiro, a partir da fundação da Faculdade de Farmácia e mais tarde, em 1897, a Escola Livre de Farmácia e Química.

Sendo assim, vamos aos próximos tópicos. Neste conteúdo, você vai ler:

  • O Dia do Farmacêutico
  • As vantagens do curso de farmácia
  • Descubra qual especialização em farmácia ganha mais
  • As curiosidades da farmácia

Quando é comemorado o Dia do Farmacêutico

O dia do farmacêutico é comemorado em 20 de janeiro. E para se chegar até essa data muita discussão acontece, partindo da ideia de Oto Serpa Grandado em 1941, diz o Conselho Federal de Farmácia (CFF).

Durante a participação de Oto em uma reunião na Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF), ele perguntou: “todas as profissões têm o seu dia, uma data especial para comemorar. Por que não temos o nosso dia”?

A escolha do dia foi motivada pela fundação da ABF, que aconteceu em 20 de janeiro de 1916. E isso ajuda a entender porque dia 20 de janeiro é dia do farmacêutico. Naquela época, essa era a principal instituição relacionada ao tema no nosso país.

Através da Resolução 460, que é de 2007, nasceu o Dia do Farmacêutico.

O CFF explica a data especial da seguinte forma: “na busca pela valorização e estímulo ao profissional, o dia 20 de janeiro será marcado pelo reconhecimento daqueles que lutam em prol da farmácia”.

As vantagens do curso de farmácia

Se você está procurando razões para cursar farmácia, leve em conta que há bons motivos para isso. Por exemplo, o fato de que a profissão é indispensável para a saúde de toda a população mundial, o que ajuda a entender os altos níveis de empregabilidade e ascensão do mercado.

Também é possível considerar a possibilidade de atuar em outros países e diversos contextos, sendo que neste caso tivemos a prova real através da pandemia da Covid-19.

Outro motivo para fazer farmácia é que o salário fica acima do salário mínimo, que hoje está em pouco mais do que R$ 1 mil. Então, quem trabalha como farmacêutico no nosso país pode ter um salário que gira em torno de R$ 3,4 mil ou mais.

Assim, um farmacêutico responsável pode receber um acréscimo de 10% na média, o que sobe o rendimento para R$ 3,7 mil. Enquanto isso, um gerente farmácia recebe mais 5%, o que indica um salário mensal próximo dos R$ 4 mil na maioria dos estados brasileiros.

E quem está pensando em ganhar dinheiro como farmacêutico tem a oportunidade de fazer um curso de pós-graduação para atuar em determinada área com expertise. No próximo tópico, você vai saber qual especialização em farmácia ganha mais e conhecer as melhores opções da atualidade.

Para ler mais tarde: confira a história da Neide Macedo, que fazia plantão em uma farmácia no formato 12 X 36. Mas, decidiu virar a chavinha e foi para a estética. Hoje, ela afirma ter um trabalho confortável e melhor retorno financeiro.

qual especialização em farmácia ganha mais - dia do farmacêutico

O que devo saber sobre o curso de farmácia

O que você deve saber sobre o curso de farmácia é que atualmente ele permite que a pessoa formada trabalhe na farmácia e drogaria, como acontecia antigamente, mas também em outras áreas; que podem ser bem mais lucrativas.

Abaixo, confira quais são as principais áreas de especializações do farmacêutico hoje em dia.

Descubra qual especialização em farmácia ganha mais

Ainda que nem todo farmacêutico conheça as opções de especialização em farmácia, considere que são mais de 70 disponíveis atualmente.

“Na Farmácia, você tem como se especializar em hospitais, nutrologia, laboratórios e estética. Essa diversidade é motivadora”, disse a Sheila dos Santos, uma farmacêutica que escolheu a graduação em farmácia justamente por conta do leque de opções de especialização.

Só que a ideia aqui não é mencionar todas as alternativas de cursos de especializações que existem para quem é farmacêutico, mas somente as mais lucrativas para os dias atuais. Fizemos essa lista. Conheça-as em ordem crescente.

Ciência dos Alimentos (R$ 3 mil)

Uma área que tem se tornado conhecida é a ciência de alimentos. E um farmacêutico que atua nela pode ter salários na média dos R$ 3 mil, considerando uma jornada de trabalho de 40 horas. Geralmente, as vagas são abertas na indústria alimentícia.

Administração Farmacêutica (R$ 3,4 mil)

Essa é uma opção no qual o farmacêutico pode trabalhar na indústria, em empresas, nos laboratórios e até órgãos públicos; sendo que ocupam cargos de gerência, diretoria, coordenação e outros de grandes responsabilidades.

Análises Clínicas (R$ 3,5 mil)

O mais comum de encontrar no Brasil são farmacêuticos das análises clínicas, que podem trabalhar para empresas e hospitais, na maioria das vezes. Logo, são responsáveis por exames toxicológicos e/ou laboratoriais em jornadas de 40 horas.

Veja esse relato da Priscila Costa do Amaral, que passou por essa situação: “No início, fiz análises clínicas porque a vivência que via na profissão do meu primo me chamava atenção. Mais tarde, comecei a ver cosméticos. Hoje, eu gosto da parte estética”.

Farmácia Hospitalar (R$ 3,6 mil)

Mais uma alternativa que é a escolha de muita gente que sai da faculdade é a farmácia hospitalar. Os profissionais poderão fazer análises, promovendo o acesso e o uso racional aos insumos essenciais no tratamento, na prevenção e na recuperação da saúde. O trabalho envolve os plantões hospitalares, também.

Conheça histórias de quem trocou os plantões da farmácia pela estética:

Cosmetologia (R$ 4 mil)

A área de cosmetologia é uma das que mais interessam as pessoas recém-formadas. Neste cenário, os profissionais devem usar a tecnologia cosmética, a fisiologia e a estética para garantir os cuidados e os tratamentos aos pacientes.

Farmácia Estética (+R$ 4 mil)

Ao se especializar em farmácia estética, o farmacêutico começa a carreira ganhando R$ 4,1 mil. Só que como pode se tornar responsável técnico, ele já dobra o seu salário rapidamente. E quando começa a empreender, tem ainda melhores resultados: R$ 45 mil ou mais. Ou seja, é uma boa ideia para quem busca a resposta para a pergunta sobre a especialização em farmácia ganha mais.

A Cristiane Oliveira trabalhou em grandes empresas. Chegou a ser supervisora de uma multinacional. Mas, mesmo assim, foi para a estética. O resultado dela impressiona: hoje tem um faturamento que é 10X maior do que quando era supervisora, acredita? Comprove!

qual especialização em farmácia ganha mais - dia do farmacêutico

As curiosidades da farmácia

Para terminar o conteúdo, trouxemos mais dois tópicos interessantíssimos e que mencionam sobre curiosidades da farmácia no Brasil e no exterior. E o dia 25 de setembro, não é dia do farmacêutico?

Como vimos acima, comemora-se em 20 de janeiro o dia do farmacêutico no Brasil. Só que também há uma data que é internacional, isto é, usada em diversos país. Logo, temos o dia 25 de setembro como dia internacional do farmacêutico.

A data especial foi instituída pela FIP (Federação Internacional Farmacêutica) através de uma votação que aconteceu em 2010. A decisão tinha o objetivo de criar uma unidade entre as categorias em todo o mundo.

Outras curiosidades da farmácia no mundo

E como esse último tópico é sobre curiosidades, considere uma dúvida que muita gente faz: quem foi o primeiro farmacêutico do mundo? Carl William Scheele, um sueco-alemão considerado um “cientista-farmacêutico”, que contribuiu muito com os seus trabalhos na área da química.

Antes de se tornar farmácia, considere que o profissional farmacêutico já recebia outros nomes, como curandeiro, alquimista, bruxo ou até mesmo boticário; o que aconteceu mais tarde em uma linha cronológica.

Já a criação da primeira farmácia deve ter acontecido com o Grego Hipócrates, que sistematizou os grupos de medicamentos, fazendo a divisão entre narcóticos, febrífugos e purgantes.

Mas, quem trouxe a farmácia para o Brasil? O início do tema aconteceu com os Jesuítas, que foram os criadores das primeiras boticas. E esse comércio se intensificou muito mais após a venda da Família Real.

Ah, além do Carlos Drummond de Andrade, existem outras pessoas famosas ao redor do mundo que possuem essa graduação e pouca gente sabe. Anote aí: John Pemberton, o criador da fórmula da Coca-Cola e Caleb Bradham, que é o criador da fórmula da Pepsi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2022 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - TERMOS DE PRIVACIDADE                        Feito pelo Grupo Puga&Nunes ❤