Edvaldo Lopes saí do sertão em busca da Biomedicina Estética

“Eu costumo sempre dizer a frase: Quanto mais novo você vai, mais novo você consegue”   O biomédico Edvaldo Lopes é graduado pela Faculdade Santa Maria (FSM), em Cajazeiras, sua cidade natal no interior da Paraíba. Um prodígio do sertão paraibano, ele explica que em termos acadêmicos o seu processo de formação foi acelerado, “Eu […]
biomedicina estética
“Eu costumo sempre dizer a frase: Quanto mais novo você vai, mais novo você consegue”   O biomédico Edvaldo Lopes é graduado pela Faculdade Santa Maria (FSM), em Cajazeiras, sua cidade natal no interior da Paraíba. Um prodígio do sertão paraibano, ele explica que em termos acadêmicos o seu processo de formação foi acelerado, “Eu passei no vestibular com 15 anos, entrei na faculdade com 16 e me formei com 20 anos”. Atualmente com 23 anos e residente do interior de São Paulo, Edvaldo conta um pouco da sua história de vida, “Eu sempre quis uma área que se integrasse entre biologia e a medicina, eu não conhecia propriamente o curso de biomedicina. Por ser do Nordeste, no sertão é um curso muito novo”, comenta. Assim que conheceu a área da biomedicina se encantou pela vertente da saúde “Eu entrei na biomedicina já sabendo que eu gostava da área de pesquisa, mas ao longo do curso uma área que eu nunca tinha pensado em atuar me chamou a atenção, que é a estética. Eu já me formei habilitado em análises clínicas, mas no fundo sempre tinha aquela pontadinha que me lembrava da estética”.

O primeiro contato com a Biomedicina Estética

Seu primeiro contato com a  Biomedicina Estética aconteceu através de uma de suas professoras na faculdade, “Uma das minhas professoras que é dermato funcional, sempre dizia que se pudesse voltar no tempo faria biomedicina para se especializar em estética. Ela sempre destacava a autonomia da profissão”. A especialização que antes não fazia parte de seu repertório, começou a despertar o interesse de Edvaldo. Foi pesquisando sobre o tema, que o biomédico conheceu a Ma. Dra. Ana Carolina Puga em 2016 durante um congresso que aconteceu na FIP (Faculdades Integradas de Patos) do qual ele acompanhou a transmissão ao vivo. “Eu sou uma pessoa que não gosta de adentrar algo que eu não conheço, eu procuro sempre pesquisar antes, a estética me chamou muita atenção pela questão da autonomia profissional, coisa que a área de Análises Clínicas não permite, então eu comecei a ir atrás”, conta Edvaldo sobre seu início na área. A dificuldade de entrar em um mercado que era escasso em sua região foi um motivador para que ele buscasse novas oportunidades no estado de São Paulo. Foi assim que mesmo muito novo, ele saiu da sua cidade natal com poucos pertences para apostar tudo nos estudos e na biomedicina, “Tive que me deslocar para o estado de São Paulo, e eu comecei a ver que que aqui as pessoas já têm um conhecimento mais amplo da área, e isso começou a me despertar, e eu decidi começar a me desenvolver um passo de cada vez”.

Dra. Ana Carolina Puga é referência na pós-graduação em Biomedicina Estética

Através de uma mensagem no Instagram da Ma. Dra. Ana Carolina Puga, o pós-graduando entrou em contato para explicar um pouco da sua história e sua vontade de se especializar. Foi então que a Dra. e sua equipe responderam o contato e fizeram o possível para ajudá-lo na realização do seu sonho. Comovidos com a história e determinação de Edvaldo, o Nepuga concedeu uma bolsa para a pós-graduação em Biomedicina Estética. Assim, o biomédico segue cursando sua pós-graduação desde 2020, e conta como tem sido esse processo, “Eu pretendo já entrar em todo campo estético, porque a profissão mesmo já lhe dá um leque de oportunidades pra isso. Eu vejo muitos vídeos da Dra. Ana explicando sobre harmonização facial, carboxiterapia, e eu não entendia sobre a existência desses pontos, então eu estudei muito, analisei muito, porque são campos extremamente distintos mas com um único propósito que é a estética do paciente”. Enquanto se especializa, Edvaldo ainda mantém o seu emprego em um laboratório de Análises Clínicas, mas destaca que possui grandes planos para seu futuro próximo “Atuar com estética é um sonho meu, mas a docência sempre esteve presente pra mim, pra ensinar aquilo que eu sei, e aprender aquilo que eu não sei, quero poder combinar as duas áreas”, comenda o pós-graduando.

Assista a entrevista na íntegra!

https://www.youtube.com/watch?v=mVsRbtZtK68

© 2022 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - TERMOS DE PRIVACIDADE                        Feito pelo Grupo Puga&Nunes ❤