10/10 um marco na Biomedicina Estética!

“Há onze anos atrás neste dia 08 de outubro de 2010 eu me preparava para fazer a viagem que mudaria a minha vida e a vida de CENTENAS DE MILHARES de biomédicos e profissionais da saúde”.   Relembrando o momento em que deu início a Biomedicina Estética, a Dra. Ana Carolina Puga conta os detalhes […]
Biomedicina Estética
“Há onze anos atrás neste dia 08 de outubro de 2010 eu me preparava para fazer a viagem que mudaria a minha vida e a vida de CENTENAS DE MILHARES de biomédicos e profissionais da saúde”.   Relembrando o momento em que deu início a Biomedicina Estética, a Dra. Ana Carolina Puga conta os detalhes do momento em que se apresentou à Plenária do Conselho de Biomedicina para defender a inclusão da habilitação em estética. Foi no dia 10/10/2010 que a Dra. Ana Carolina Puga defendeu com unhas e dentes o seu posicionamento perante a Plenária no XII Congresso Brasileiro de Biomedicina, que aconteceu em Recife-PE, naquele ano.

Dividindo opiniões sobre a Biomedicina Estética

Enfrentando opiniões diversas, a Dra. conta que muitos profissionais acreditavam que a estética iria denegrir a imagem do biomédico perante a sociedade científica. No entanto, ela estava pronta para responder toda e qualquer tentativa de abalo “Cresci ouvindo: Um dia é da caça, e o outro é do caçador. E aquele foi o dia do caçador, foi o meu dia, e foi o seu, porque eu estava ali na caça, lutando pelos nossos direitos, pela nossa liberdade profissional e a real atuação do biomédico na Saúde Estética”, declara. A apresentação da Dra. Ana Carolina Puga aquele dia foi o que garantiu a conquista pela liberdade do biomédico na atuação como profissional liberal. É graças a esse fatídico dia, onze anos atrás, que hoje milhares de profissionais têm o direito de abrirem suas clínicas, fazer seus próprios horários  e terem o tão sonhado reconhecimento, atuando como profissional da saúde e ganhando muito bem pra isso. Com um prazo de 20 minutos e um certo desinteresse inicial da plateia, a Dra. Ana iniciou a argumentação “Eu engatei e comecei a falar do que seria então a Biomedicina Estética, expliquei que os conhecimentos que o biomédico já possuía seriam aplicado nesta área, a diferença entre estética e Saúde Estética, o quanto esta nova habilitação faria a nossa biomedicina crescer”.

O início da classe de Biomédicos Estetas

Quase que prevendo o futuro da classe, esse foi o ponto de partida para que hoje os biomédicos fossem mais conhecidos, respeitados e valorizados. Mas a profissional que sempre demonstrou paixão pela biomedicina não sabia o quanto a nova área ajudaria financeiramente inúmeras biomédicas, o quanto esta área faria com que muitos biomédicos que já haviam desistido da sua profissão começassem a amar novamente a biomedicina e se encontrar nela, e o quanto muitos outros profissionais fariam biomedicina para atuarem exclusivamente na Biomedicina Estética. Depois de apresentar toda a fundamentação sobre os procedimentos atualmente regulamentados, os 20 minutos iniciais se transformaram em 2:30 hrs, e após a exposição, a Dra. deixou a plenária junto com os demais presentes. FInalizada, a votação entre a diretoria do CFBM, os presentes foram chamados para ouvir o veredito, “Era o resultado da votação mais desejada nos últimos 4 anos, e naquele momento, Dr Silvio Cecchi se posicionou ao meu lado e disse que por quase unanimidade, sendo apenas 1 voto contra, a habilitação em Biomedicina Estética foi aprovada”, conta ela. Esse momento foi o que estruturou o futuro da biomedicina como conhecemos hoje, e o que possibilitou que a Biomedicina Estética se tornasse uma das áreas que mais cresce no Brasil. Por isso, o dia 10/10 é lendário para nós do Nepuga/FAPUGA e para toda classe de profissionais estetas que hoje estão realizados atuando na Saúde Estética. Para ler o relato da Dra. Ana Carolina Puga na íntegra, clique aqui!

© 2022 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - TERMOS DE PRIVACIDADE                        Feito pelo Grupo Puga&Nunes ❤