Farmacêutica Esteta larga os plantões para trabalhar de segunda à quinta-feira

A história dessa Farmacêutica Esteta inspira. Não é fácil largar os plantões e empreender. Mas, o resultado é: um trabalho mais flexível.

Camila Sampaio da Silva é uma Farmacêutica Esteta que recentemente concluiu o Curso de Ozonioterapia. Ela começou a carreira trabalhando em Farmácias, mas não se adaptou a rotina intensa. Agora, Especializada em Estética, ela começa a colher os benefícios de um trabalho mais flexível.

Camila é de Palmas (PR) e optou por viajar até Curitiba (PR) para fazer a Especialização em Estética e, mais recentemente, o Curso de Ozonioterapia. “Na região onde eu moro, não tem muitas opções de especializações e cursos. “Quando tem, são opções bem adversas”.

Isso exigiu da farmacêutica esteta muita dedicação. “Às vezes eu pego barreira e fico parada no trânsito demorando um pouco mais para chegar. Ainda tenho que comer, tomar banho e dormir. Aí acordo cedo e estudo. Depois, vou embora”.

Só os esforços eram ainda maiores durante a Pós-Graduação, onde ela estudava presencial em dois dias do final de semana. “Eu fazia aulas no sábado e no domingo. E no fim da tarde eu saia correndo para ir embora porque na segunda-feira de manhã tinha que estar trabalhando”.

Apesar dos perrengues, o que ela diz hoje é que todo esforço valeu a pena. Em algumas semanas de trabalho, fazendo os próprios horários, ela conseguia ganhar o mesmo salário de quando trabalhava o mês todo na Farmácia.

Na Farmácia de Manipulação e de Balcão, ela chegou a fazer plantões até de madrugada. Agora, se sente realizada por ser dona do próprio trabalho e gerir da forma que acha mais conveniente. “Eu não preciso mais trabalhar de sábado e domingo e nem nas sextas-feiras”.

Conheça um pouco mais da história da Camila Sampaio da Silva, que é uma Farmacêutica Esteta e atualmente cursa Ozonioterapia. Você vai ver como foi o começo da vida dela, desde a graduação até conseguir chegar ao sucesso profissional, que é trabalhar nos próprios horários.

A farmacêutica

Camila Sampaio conta que a escolha do Curso de Farmácia se deu por conta do interesse na Farmácia de Manipulação. “Eu até fiz visitas nesses lugares para ver como é o dia a dia de trabalho e acabei gostando ainda mais”.

Assim, ela decidiu iniciar o curso e tudo correu bem durante os anos de aprendizagem. Logo em seguida, começou a trabalhar na Área da Farmácia, mas não na Manipulação. O resultado do mercado de trabalho não foi como o esperado no início do curso.

Eu vi que não era nada daquilo que eu queria. Inclusive, na época eu nem consegui emprego na Área de Manipulação. Por isso, fui para a Farmácia de Balcão”. A partir disso, surgiu um novo problema: havia plantão todo final de semana. “Inclusive, de madrugada”.

A rotina

O maior entrave para essa farmacêutica esteta era a rotina de trabalho: pesada, com horários poucos flexíveis, durante a madrugada, etc. Ela conta um pouco sobre isso.

Era uma rotina intensa. Às vezes, eu chegava 8 horas da manhã, sendo que tinha acabado de chegar de um plantão e ao meio-dia eu tinha que estar trabalhando de novo. Era bem difícil”. O resultado não poderia ser diferente: ela saiu da Área da Farmácia.

Na sequência, começou a trabalhar em uma distribuidora de produtos odontológicos. “Aí eu gostei. Fiquei por um tempo. Era horário comercial, o que era muito bom”. Só que a vida deu outra oportunidade para a Camila: a Estética!

A estética

A farmacêutica esteta conta que quando começou a fazer a Farmácia Estética foi quando mais se encontrou na sua vida profissional. “Porque eu sempre gostei da ideia de ter corpos bem harmonizados, só que não conseguia aplicar isso em mim mesma”.

Camila Sampaio - Farmacêutica Esteta

Então, durante a Especialização em Estética, ela começou a aprender sobre isso. “Eu vi o que precisava fazer para gerar os resultados. Hoje, eu gosto de trabalhar na área”. E parar de estudar nunca foi uma ideia para a Camila, que agora também é especialista em ozônio.

A ozonioterapia

A escolha fez muito sentido para a carreira dela, como explica: “optei pelo Curso de Ozonioterapia porque ele integra a área da saúde e de estética, onde a gente consegue conciliar os dois juntos e gerar os melhores resultados”.

A integração das áreas permitiu que a farmacêutica esteta pudesse unir o seu gosto pessoal com a sua profissão. “Eu gosto muito da parte da beleza. Aí eu comecei a pesquisar o que eu queria fazer. E quando eu vi o que a gente aprendia nesse curso, eu gostei”.

Hoje, feliz com as possibilidades da sua vida profissional e os novos aprendizados, Camila vê o potencial que tem para atuar no mercado. “A saúde da gente tem muito a ver com a estética. Então, a ideia é você conciliar os dois”.

De fato, o ozônio potencializa os efeitos da estética. A partir dele é possível associar tratamentos terapêuticos com a estética. “E tem algumas vias de aplicação que a gente consegue alcançar o objetivo maior na estética: contribuir com a saúde do paciente”.  

O mercado

Mais experiente no mercado, depois de ter passado pela Farmácia de Balcão, ela diz que encontrou na Estética uma forma de se manter em constante crescimento. Sem contar que as pessoas estão procurando cada vez mais, ela comenta.

Os próprios Conselhos estimulam muito aos profissionais se especializarem para atuarem no Mercado Estético de modo mais seguro e lucrativo. Você tem que saber muito bem o que você está fazendo. A Estética ale a pena”.

Essa também é uma opinião de outra profissional, a biomédica esteta Juliana Tironi. Ela comenta que “Para quem gosta e quer entrar na área, essa é uma opção porque a estética só cresce. Tem público para todos. Só é preciso saber se diferenciar no mercado”. Conheça essa história.

O futuro

Para quem ficou curioso sobre o futuro da farmacêutica esteta, saiba que atualmente ela está construindo o próprio espaço. “Antes eu trabalhava em salas alugadas e agora estou construindo o meu espaço e com isso consigo fazer os meus horários”.

Além disso, ela já pode ver os Benefícios da Estética: “E não preciso mais trabalhar de sábado e domingo e nem nas sextas-feiras. É um dia que eu consigo tirar para eu fazer as minhas coisas, como estudar. Eu consigo me organizar muito bem”.

Como esteta, ela já consegue colher esses frutos de um mercado de trabalho mais flexível. “A minha rotina é muito flexível, sendo que eu atendo de segunda à quinta-feira. E quando eu estou menos disposta, eu posso começar a atender apenas na segunda-feira a tarde”.

A empreendedora

Sem meias palavras, Camila Sampaio faz um alerta para todas as pessoas que se especializam na estética e visam o empreendedorismo: exige esforço, mas vale muito a pena.

No começo é difícil para empreender. Mas, desde os primeiros meses eu já conseguia tirar o mesmo valor que eu ganhava trabalhando na Farmácia de Balcão. Só que podendo fazer os meus próprios horários”.

E continua: “Depois, você vai conseguindo agregar mais valor. E você vai conseguindo mais clientes. Aí vem a disputa por horários. Então, as vezes eu trabalho até mais tarde, mas é fazendo do meu jeito e ganhando o meu dinheiro”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2022 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - TERMOS DE PRIVACIDADE                        Feito pelo Grupo Puga&Nunes ❤