Odontologista aponta viés cirúrgico como diferencial na HOF

Saiba porquê o aprofundamento em procedimentos cirúrgicos é considerado diferencial na HOF.
diferencial na hof

Mesmo com pouco tempo de formação, o cirurgião-dentista que você vai conhecer hoje já tem um percurso admirável, e trilha uma carreira inspiradora na odontologia. Interessado em especial pela parte cirúrgica, ele destaca essa parte como diferencial na HOF, especialização que está cursando no momento.

Diogo Busch de Andrade é da zona sul de São Paulo. Formado no Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Diogo também fez intercâmbio na Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto, em Portugal, e relata que essa foi uma experiência maravilhosa para sua formação em Odontologia.

Harmonização Orofacial, e também cirúrgica

Atualmente, ele trabalha em uma clínica com foco em implantes, mas conta que já trabalhou na parte administrativa, em pronto-socorro e Unidades Básicas de Saúde (UBS). Ele sempre gostou da área da saúde, e destaca em especial seu apreço pela parte cirúrgica da odontologia.

Ele está cursando pós-graduação em Harmonização Orofacial e Cirúrgica (HOF). Seu interesse pelas práticas cirúrgicas foi um dos principais motivos que o levaram a querer cursar essa especialização. Ele comenta que:

“O que me chamou atenção na pós-graduação foi o viés Harmonização Orofacial, e Cirúrgica. Então, o viés cirúrgico que fez o meu interesse pela instituição inicialmente – lip lifting, lifting de temporal, a bichectomia, lipo de papada…”

Baixe o e-book da especialização em HOF e confira a grade completa do curso.

Ele vê a parte cirúrgica da habilitação como um diferencial na HOF, que tem potencial de destacar os cirurgiões-dentistas entre outras classes que podem ser habilitadas para realizar procedimentos estéticos injetáveis mas não podem ser habilitadas para realizar procedimentos mais invasivos e cirúrgicos.

Porque a especialização é melhor que cursos rápidos

Ele menciona também sua vontade de, através da pós-graduação, se capacitar com qualidade e importante abrangência de procedimentos em comparação com o que é oferecido por meio de cursos modulares, mais específicos e de curta duração. Sobre isso, Diogo Busch aponta:

“Não concordo que em três dias você aprenda tudo que é necessário pra você ser um bom harmonizador. Não só a parte cirúrgica, mas enfim, você conhecer toda a anatomia, legislação, farmacologia, outras disciplinas que eu acho extremamente importantes para uma pessoa que vai se especializar nessa área.”

E ressalta o custo-benefício da pós-graduação em comparação:

“Invés de eu gastar um valor alto num curso de dois dias, melhor eu investir numa pós-graduação, onde eu vou ver tudo o que eu quero aprender, em um tempo com professores que eu sei que vou ter um suporte, professores com bagagem e com um currículo legal.”

As expectativas quanto a mudança de vida

Para além do aprofundamento na parte cirúrgica que tanto o interessa, Diogo também enxerga o destaque que a Saúde Estética tem no Brasil, vê como a harmonização na estética é uma área muito promissora, no sentido financeiro e também de qualidade de vida para profissional especialista em harmonização facial.

A expectativa para ele é de que, atuando em procedimentos estéticos, possa também garantir a flexibilidade e autonomia de horários que preza em sua vida e o permitirá ter tempo de fazer outros cursos no futuro e se manter sendo um profissional atualizado. Está ainda considerando a possibilidade de fazer mestrado em harmonização orofacial.

Ozonioterapia: outro diferencial na HOF

A habilitação em Ozonioterapia faz parte da grade curricular, pode ser vista como outro diferencial na HOF e é algo novo para Diogo. Ele conta que, antes da especialização, só tinha ouvido falar desta terapêutica, se mostra empolgado por estar adicionando mais esse tratamento em seu currículo e possibilidade de abordagem junto a seus pacientes.

A Ozonioterapia é uma Prática Integrativa que pode auxiliar nos momentos pré e pós-procedimentos, já que promove a diminuição de processos inflamatórios, limpeza de vias e redução de edemas. Diante desses benefícios, a habilitação em Ozonioterapia se mostra de grande valia para os cirurgiões-dentistas, dando mais segurança para realização de procedimentos.

Cirurgião-dentista se especializa em Harmonização Orofacial e Cirúrgica – Dr. Diogo Busch

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2022 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - TERMOS DE PRIVACIDADE                        Feito pelo Grupo Puga&Nunes ❤