Pós-graduanda em HOF, esta cirurgiã-dentista é exemplo de dedicação

Ela começou a buscar por capacitações para atuar em Harmonização Orofacial já em 2017. Leia e se inspire na trajetória dessa cirurgiã-dentista e esteta.
Pós-graduanda em HOF Lívia Maria Liberali

Livia Maria Liberali é cirurgiã-dentista formada há 11 anos. Ela sempre gostou de estética e cuidados com a pele, por isso começou a buscar por capacitações em Harmonização Orofacial já em 2017. Atualmente, Livia é pós-graduanda em HOF.

Mesmo depois da liminar que proibiu momentaneamente o uso de injetáveis para fins estéticos pelo odontologista, Livia continuou se aprimorando e aguardando a permissão legal para atuar. Ela é um exemplo de dedicação com a própria carreira, está sempre estudando para se atualizar e ser melhor profissional possível, ela afirma:

“Quanto mais específica se torna a sua atuação, mais quantidade de tempo você tem direcionado para aquilo e o seu estudo também. Você tem mais autonomia, que é o que eu digo no sentido de estudar, porque são áreas que você precisa estar em uma atualização constante”

A trajetória da cirurgiã-dentista

Mas, antes de se encontrar através da Harmonização Orofacial e Cirúrgica (HOF), Lívia percorreu outras áreas da odontologia. Ela conta que seu primeiro aprofundamento foi em Cirurgia Bucomaxilofacial, e que sentiu paixão pela área. “Mas não era um amor, era uma paixão”, diz ela.

Ainda trabalhou em Endodontia, realizando tratamento de canal, casos em que se lida com dor aguda. Não era o que Lívia queria, ela estava muito mais interessada em oferecer beleza a seus pacientes, ainda que perceba todos os caminhos percorridos como essenciais para trilhar sua trajetória.

Então, após vivências importantes para sua formação, mas incompatíveis com sua maior ambição profissional, Lívia ingressou em Reabilitação Orofacial, inicialmente trabalhando apenas com prótese e depois expandindo para lentes de contato em cerâmica. A esses atendimentos, mais voltados à estética, a cirurgiã-dentista está aliando a Harmonização Orofacial.

Como mencionado antes, ela começou na harmonização orofacial já em 2017, fez vários cursos isolados e específicos para cada área, que a capacitaram para oferecer procedimentos com preenchedores, injetáveis e fios de PDO. Agora, enquanto pós-graduanda em HOF, ela tem a oportunidade de atualizar seu know how nestes e em outros procedimentos.

A beleza integrada com o sorriso

Tendo conhecido vários casos em diferentes pacientes, a pós-graduanda em HOF reconhece que o sorriso não é parte isolada do rosto. Apesar de ser considerado o cartão de visitas de uma pessoa, o sorriso se apresenta junto às estruturas da face, então pode ser muito mais satisfatório que todo este conjunto esteja em harmonia.

A cirurgiã-dentista e pós-graduanda em HOF explica porque isso é tão importante: “não apenas pelo fato de ele querer uma estética melhor, mas é uma abertura profissional para ele, é uma abertura emocional e a gente tem que aprender ao longo do tempo a ler o paciente”.

E exemplifica que em muitos casos, é realizado clareamento ou lentes de contato em um paciente e ele visualiza seu sorriso no futuro também com preenchimento labial. Com a especialização em HOF, a cirurgiã-dentista é capaz de suprir esse tipo de expectativa.

Pós-graduanda em HOF Lívia Maria

Auxílio emocional na HOF

Como pós-graduanda em HOF, a cirurgiã-dentista vê a especialização como uma possibilidade de ajudar seus pacientes emocionalmente, para que se sintam melhor consigo, e afirma, com conhecimento de causa: “antes, algo que o deixava deprimido, que ele achava que não tinha mais saída, ele consegue recuperar aquela oportunidade dentro da harmonização.”

Além de tudo isso, Lívia salienta que o odontologista ainda pode executar procedimentos sem que o paciente tenha que passar por experiências tão dolorosas, uma vez que são utilizados anestésicos, ou realizados em camadas menos sensíveis da pele. O cirurgião-dentista devidamente capacitado também consegue conduzir o atendimento de maneira a transmitir segurança ao paciente.

O sol brilha para todos que…

Para obter essas habilidades, Lívia relata que o caminho é longo, demanda estudos e  atualização constante, mas é por meio desse empenho que se consolida um profissional de confiança, valorizado por aquilo que faz.

Durante a especialização, as experiências em vivência clínica são imprescindíveis para se solidificar como o profissional descrito. É por meio das vivências clínicas que se aprende na prática como conduzir o paciente, entender suas demandas e executar os procedimentos de forma exemplar e humanizada.

Sobre carreira e mercado, a cirurgiã-dentista nos oferece sua visão:

“Minha filosofia: o sol brilha para todos, não se esconda na sombra de ninguém, acho que o mercado tá aberto pra todo mundo, tem oportunidade pra todo mundo, cabe a você se destacar e a forma como você vai conduzir seus atendimentos e como você vai se apresentar pro seu paciente também.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2022 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - TERMOS DE PRIVACIDADE                        Feito pelo Grupo Puga&Nunes ❤