Biomédica Esteta dobrou o tamanho da clínica em 1 ano

A história dessa Biomédica Esteta é surpreendente. Em menos de 1 ano, ela conseguiu dobrar o tamanho da sua clínica de estética.

Quem ama cuidados e pessoas vai amar a Biomedicina Estética também”. Esse é o conselho que a Biomédica Esteta Luana Andressa Galani dá às novas estudantes da saúde. Ela foi uma das primeiras alunas da Pós do Nepuga e em pouco tempo expandiu a clínica de estética.

Sem medo do que era desconhecido na época, ela foi atrás do seu objetivo. Acreditou no potencial que a especialização tinha e confiou nos ensinamentos da Dra. Ana Carolina Puga. Agora, faz questão de frisar: “Hoje, são 7 anos de atuação com excelentes resultados”.

Para entender mais sobre essa história de sucesso da Biomédica esteta, leia os próximos tópicos.

A Biomédica

A Luana se formou em Biomedicina pela Fasipe, em Sinop (Mato Grosso). Após a graduação, a Biomedicina Estética foi aprovada como especialização da área, como resultado dos esforços da Dra. Ana Carolina Puga, conhecida por ser a Mãe da Biomedicina Estética no nosso país.

No currículo, a Dra. Ana carrega a patente da metodologia “Protocolo de Rejuvenescimento Facial com Toxina Botulínica” e da “PugaCode”. Por esse pioneirismo no mercado, ela se tornou uma referência e foi assim que a Luana a encontrou, como veremos abaixo.

O Nepuga era uma das poucas instituições que tinham a Pós em Biomedicina Estética”, ela lembra. “E isso foi bom porque nos tornamos os primeiros alunos a poder exercer a Biomedicina Estética”, completa.

A Especialização

A Biomédica Esteta diz que a especialização na área da estética trouxe vários pontos positivos na vida dela, especialmente no que diz respeito ao conforto, qualidade de vida e conquistas.

Biomédica Esteta

Depois de apenas um ano na primeira clínica, que tinha 80 m², a gente migrou para um espaço maior, de 200 m². Além disso, foi através da Biomedicina Estética que conquistamos muita coisa, como casa própria, viagens e até mesmo a abertura da nova clínica”.

O que ajuda a entender esse mercado tão expressivo e em alta são os números. Conforme a ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos), o mercado da Saúde Estética cresceu quase 600% nos últimos anos.

Inclusive, o setor de estética brasileiro é considerado o 3º maior do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e da China. As tendências para os tratamentos estéticos são cada vez mais comuns, gerando bons resultados de modo não invasivo.

A Clínica

Atualmente, a Biomédica esteta possui duas clínicas. Uma é especializada em Estética Avançada, no qual ela atua com diversos tratamentos corporais, faciais e de harmonização. A equipe é formada por 6 profissionais multidisciplinares. A outra é uma clínica de terapia capilar.

A ideia de ter o próprio negócio na estética é muito comum no Brasil pelo fato de que é um dos mais rentáveis. Para se ter uma ideia disso, a história acima é um exemplo. Luana não apenas dobrou o tamanho da clínica de estética como inaugurou uma nova unidade.

Em pesquisas online é possível notar que um Biomédico Esteta pode ter uma renda mensal acima de R$ 4 mil quando atua como profissional autônomo/especialista. Já quando se torna um responsável técnico, o salário sobe para mais do que R$ 7,5 mil.

Biomédica Esteta

Mas, é no empreendedorismo, com a abertura de uma nova clínica, que ele pode chegar a novos patamares. No Brasil, uma clínica especializada em estética pode faturar acima dos R$ 45 mil. E no caso da Luana, as projeções não param por aí.

O Futuro

Para o futuro, Luana diz que visualiza uma ampliação das clínicas, inclusive, com o aumento de profissionais e de tecnologias. “A expectativa de crescimento é muito grande”. Sem poder dar mais detalhes, a empreendedora dá um pequeno spoiler: “Há perspectivas de franquias”.

Aqui mesmo no blog a gente já mencionou várias histórias de profissionais da saúde que investiram na carreira e hoje são histórias de sucesso. Separamos algumas delas para você apreciar mais tarde, veja.

Na área da patologia, não temos flexibilidade. Além disso, ficamos presos às doenças”. Essa é a afirmação da Paloma Almeida Venancio Martins. Ela viu na Biomedicina Estética a chance de ter mais autonomia e maior retorno financeiro.

A gente ganha dinheiro brincando porque é um prazer. A estética é apaixonante. Estudar e descobrir protocolos, ver o antes e o depois, é fantástico”. Isso é o que conta a Nândia Yared Martins, que trocou 20 anos de laboratório para atuar na estética.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2022 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - TERMOS DE PRIVACIDADE                        Feito pelo Grupo Puga&Nunes ❤