Biologia Estética: Dra. Emília Ferreira encontra na Estética o tempo livre que precisava para seu filho

A Biologia Estética trouxe para a vida dos biólogos a liberdade financeira e autonomia, e para a Dra. Emília, trará mais tempo para seu filho. Conheça a história dela neste Case de Sucesso!
biologia estética

A Biologia Estética pode ser algo novo para os biólogos, uma vez que a Resolução nº 582/2020 que respalda sua atuação aconteceu no final de 2020. Entretanto, a ideia de adentrar este campo da saúde sempre esteve presente na vida dos profissionais.

Mesmo que na graduação de biologia as vertentes oferecidas girem em torno da zoologia, área ambiental ou de saúde, o biólogo sempre soube que podia ir além. Inclusive, outro ponto que pesa bastante para os profissionais dessa categoria é a abertura para o mercado de trabalho.

A Dra. Emília Delarmelina Ferreira se formou em biologia em 2009 e desde então atua na área da educação. Realizou mestrado em biologia animal, trabalhou com morcegos no pantanal e mamíferos. Mas após terminar o mestrado se deparou com dificuldades para entrar no mercado de trabalho.

Devido ao impacto, mudou completamente o rumo da área de estudos e iniciou seu doutorado em análises clínicas. Em 2019, junto com a chegada da pandemia, começaram as dificuldades que a levaram até a Biologia Estética. Uma história inspiradora e que você vai conhecer neste Case de Sucesso!

Biologia Estética: oportunidades, liberdade e autonomia

Ao mesmo tempo que o Brasil começava a sentir os indícios da pandemia, a área de pesquisa passou por dificuldades em investimentos, o que afetou o doutorado da Dra. Emília. Neste mesmo período, seu filho de seis anos foi diagnosticado com ataxia e epilepsia refratária e, desde então, está em internação domiciliar. 

“Eu vi a estética como uma possibilidade de eu trabalhar dentro da área da saúde, que eu já atuava, mas ao mesmo tempo me manter próxima ao meu filho. Hoje, minha expectativa com a estética é ter mais tempo para ficar próxima do meu filho, poder fazer meu próprio horário e continuar na área da saúde, que sou apaixonada desde quando comecei”, conta a Dra.

A bióloga conta que sempre teve paixão pela estética, primeiramente como usuária, mas sempre teve uma tendência por essa área. No entanto, como bióloga não poderia atuar. 

Logo que a resolução que habilitou o biólogo em estética saiu no final de 2020, a Dra. Emília  aguardou o tempo ideal e iniciou sua Pós-graduação em Biologia Estética em 2021.

“Eu tinha intenção de fazer biomedicina só para trabalhar com estética, mas essa questão de ir para a sala de aula me prenderia novamente. E como a pós é parte online e parte presencial, e nos dá a flexibilidade de escolher o dia que vai fazer a aula prática, isso me viabilizou estudar, o que uma graduação não me viabilizaria”, explica. 

Expectativas: retorno financeiro e liberdade 

Mesmo que ainda não tenha terminado a especialização, a bióloga explica que já atua com alguns procedimentos que não exigem a conclusão da pós, como dermopigmentação estética e paramédica, perfurações, projetos auriculares e outros.

“Eu tenho sim uma expectativa grande de ter um retorno financeiro, mas eu não me imagino uma pessoa extremamente rica, porque a minha intenção dentro da estética é que, por ter um bom retorno financeiro, eu não precise trabalhar por tanto tempo e ter mais tempo livre para ficar com meu filho, ou seja, ter um bom retorno financeiro sem precisar trabalhar todos os dias da semana”, ressalta. 

Biologia Estética como prioridade e uma ‘boa promessa para biólogos’

A bióloga é formada há quase 13 anos e pontua que a biologia é uma área muito ampla. Algo interessante da graduação, inclusive, é que era uma das faculdades com uma carga horária ‘bem pesada’, se comparada a outras possibilidades da área da saúde que ela tinha na época.

“Era até um pouco frustrante a gente ter uma carga tão grande de matérias e não poder atuar na estética. Porque a gente aprende muito dentro da biologia sobre a área da saúde, aprendemos, praticamente, o que todos os outros da saúde oferecem, como farmácia, biomedicina, medicina, enfermagem, é muito amplo nosso estudo acerca da área da saúde”, explica. 

A Dra. Emília ressalta que a dedicação nos estudos é extremamente importante para se sobressair, mas além disso, que há espaço para todos na área que desempenham um bom trabalho e gostam do que fazem. 
“Para os biólogos que gostam da área da saúde, a estética é uma promessa muito boa. É muito gostoso você trabalhar, ver a expectativa no seu paciente e ver a felicidade no rostinho dele após o tratamento. Até então ficávamos muito presos dentro dos laboratórios (que também é legal), mas é bom a gente ter agora essa outra possibilidade, principalmente para quem gosta de trabalhar com pessoas”, finaliza a Dra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2022 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - TERMOS DE PRIVACIDADE                        Feito pelo Grupo Puga&Nunes ❤